Home
Iniciação à Filosofia

Iniciação à Filosofia

SKU 9788577892167
R$55,00
Boleto Yapay

1 x sem juros de R$46,75 (Desconto de 15%) no Boleto Yapay

Cartão Yapay

1 x sem juros de R$49,50 (Desconto de 10%) no Cartão Yapay

2 x sem juros de R$24,75 (Desconto de 10%) no Cartão Yapay

3 x sem juros de R$16,50 (Desconto de 10%) no Cartão Yapay

4 x sem juros de R$12,38 (Desconto de 10%) no Cartão Yapay

Aproveite, ainda temos 3 itens no estoque
R$55,00
7 x de R$7,85 sem juros
Quantidade
Adicionar à lista de desejos

Autor(es): José Antonio Tobias

Edição: 12ª

Ano: 2015

Paginação: 272

ISBN: 978-85-7789-216-7

Acabamento: Brochura

Sinopse: O Iniciação à Filosofia, em sua 12.ª edição, é hoje um livro consagrado pelo leitor e pelos estudantes brasileiros. Auxiliado por um rico "Índice de Assuntos", expõe a Filosofia em sua totalidade, destacando, com o devido peso, cada uma de suas partes. A Lógica, nele encontrada, é lida e usada como um dos bons e mais práticos resumos existentes. O Iniciação à Filosofia constitui fidedigna síntese da filosofia aristotélica. A Metafísica é exposta substancialmente em suas três partes: a) Crítica; b) Ontologia; c) Teodiceia. Também chamada de Teoria do Conhecimento ou de Gnoseologia, a Crítica tem espaço equilibrado, mas não radicalizado. A Filosofia Moral, fundamento para qualquer ciência e para qualquer pessoa, destaca-se como enriquecimento especial para o direito, a educação e as ciências humanas.

José Antonio Tobias

Doutor e Livre-Docente em Filosofia
Professor de Filosofia do Direito na Faculdade de Direito de Alta Floresta

Parte 1

Introdução à Filosofia

1.1. Noção de fofoca e conceito de Filosofia

1.2. Noção de Filosofia

1.3. Partes da Filosofia

1.4. Filosofia e Ideologia

Parte 2

Lógica

2.1. Noção de Lógica

2.2. Lógica formal

2.2.1. Ideia e termo

2.2.2. Juízo e proposição

2.2.2.1. Juízo

2.2.2.2. Proposição

2.2.3. Raciocínio

2.2.3.1. Noção

2.2.3.2. Indução

2.3. Lógica material

2.3.1. Verdade

2.3.2. Método

2.3.2.1. Introdução

2.3.2.1.1. Ponto inicial

2.3.2.2. Método analítico e sintético

2.3.3. Ciência

2.3.4. Método nas ciências

2.3.4.1. Introdução

2.3.4.2. Ciências experimentais

2.3.4.3. Ciências matemáticas

2.3.4.4. Ciências morais

2.3.4.5. Filosofia

Parte 3

Filosofia da Natureza

3.1. Noção da Filosofia da Natureza

3.2. Cosmologia

3.2.1. Quantidade

3.2.2. Consequências da quantidade

3.2.2.1. Espaço

3.2.2.2. Movimento

3.2.2.3. Tempo

3.2.3. Qualidades sensíveis

3.2.4. Natureza dos corpos

3.2.5. Hilemorfismo

3.2.6. Vida

3.2.6.1. Noção

3.2.6.2. Origem

3.2.6.3. Evolucionismo

3.3. Psicologia

3.3.1. Noção de psicologia

3.3.2. Sensação e percepção

3.3.2.1. Sensação

3.3.2.2. Percepção

3.3.3. Sentidos internos

3.3.4. Inteligência

3.3.5. Vontade

3.3.5.1. Introdução

3.3.5.2. Apetite natural

3.3.5.3. Apetite sensitivo

3.3.5.4. Apetite intelectual

3.3.6. Consciência e inconsciente

3.3.6.1. Noção

3.3.6.2. Subconsciente

3.3.6.3. Inconsciente

3.3.7. Natureza da alma humana

3.3.7.1. Substancialidade

3.3.7.2. Simplicidade

3.3.7.3. Espiritualidade

3.3.8. União da alma com o corpo

3.3.9. Origem e destino da alma humana

3.3.9.1. Origem

3.3.9.2. Destino



Parte 4

Metafísica

4.1. Natureza da Metafísica

4.2. Divisão da Metafísica

4.3. Crítica

4.3.1. Noção da Crítica

4.3.2. Método da Crítica

4.3.3. Certeza

4.3.4. Idealismo, materialismo e realismo crítico

4.3.4.1. Introdução

4.3.4.2. Idealismo

4.3.4.3. Materialismo

4.3.4.4. Realismo Crítico

4.4. Ontologia

4.4.1. Natureza da Ontologia

4.4.1.1. Noção

4.4.1.2. Ente de razão

4.4.2. Ato e potência

4.4.2.1. Noção

4.4.2.2. Espécies de potência

4.4.2.3. Espécies de ato

4.4.2.4. Relações

4.4.3. Essência e existência

4.4.4. Transcendentais

4.4.4.1. Noção

4.4.4.2. Unidade transcendental

4.4.4.3. Identidade

4.4.4.4. Distinção

4.4.5. Verdade e bondade transcendentais

4.4.5.1. Verdade transcendental

4.4.5.2. Bondade transcendental

4.4.6. Belo transcendental

4.4.7. Substância e pessoa

4.4.8. Valor do homem

4.4.8.1. Introdução

4.4.8.2. Noção de valor

4.4.8.3. Valor do homem

4.4.8.4. Consequências

4.4.9. Acidentes

4.4.10. Causas

4.5. Teodiceia

4.5.1. Noção de Teodiceia

4.5.2. Existência de Deus

4.5.3. Outras provas

4.5.3.1. Introdução

4.5.3.2. Provas científicas

4.5.3.3. Provas psicológicas

4.5.3.4. Provas morais

4.5.3.5. Prova mística

4.5.4. Natureza de Deus

4.5.5. Atributos entitativos

4.5.5.1. Simplicidade

4.5.5.2. Unicidade

4.5.5.3. Verdade

4.5.5.4. Beleza

4.5.5.5. Imutabilidade

4.5.5.6. Eternidade

4.5.5.7. Imensidade

4.5.5.8. Infinito em Deus

4.5.6. Atributos operativos

4.5.6.1. Vontade

4.5.6.2. Justiça

4.5.6.3. Misericórdia

4.5.6.4. Providência

4.5.6.5. Vida

4.5.6.6. Onipotência

4.5.7. Deus e o universo

4.5.7.1. Relações

4.5.7.2. Causa final dos entes

Parte 5

Filosofia Moral

5.1. Noção de Filosofia Moral

5.2. Ética

5.2.1. Finalidade do ato humano

5.2.2. Moralidade do ato humano

5.2.2.1. Introdução

5.2.2.2. Moralidade objetiva

5.2.2.3. Moralidade subjetiva

5.2.3. Lei

5.2.3.1. Noção

5.2.3.2. Espécies

5.3. Moral individual

5.3.1. Moral e direito

5.3.1.1. Moral

5.3.1.2. Direito

5.3.2. Deveres do homem para com Deus

5.3.2.1. Virtude de religião

5.3.2.2. Culto interno

5.3.2.3. Culto externo

5.3.3. Deveres do homem para consigo

5.3.4. Direitos humanos

5.3.4.1. Introdução

5.3.4.2. Direitos jurídicos

5.3.4.3. Direitos morais

5.4. Moral Social

5.4.1. Natureza da sociedade

5.4.2. Sociedade doméstica

5.4.2.1. Introdução

5.4.2.2. Sociedade conjugal

5.4.2.3. Sociedade parental

5.4.3. Sociedade civil

5.4.4. Sociedade internacional

5.4.4.1. Introdução

5.4.4.2. Organização internacional

5.4.4.3. Colonização

5.4.4.4. Guerra

Parte 6

Filosofia da Arte

6.1. Definição da Filosofia da Arte

6.2. Arte

6.2.1. Definição

6.2.2. Moral e arte

6.3. Arte clássica e arte moderna

6.4. Gosto artístico

6.5. Belo estético

6.6. Noção de Técnica



Referências

ÍNDICE ALFABÉTICO REMISSIVO

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca